Microsoft afirma que continuará lançando jogos da Activision Blizzard para PlayStation

A Microsoft afirmou que continuará a lançar jogos da Activision Blizzard, como Call of Duty, nas plataformas PlayStation “além dos acordos existentes”.

A Activision Blizzard teria se comprometido a lançar pelo menos os próximos três jogos Call of Duty para consoles PlayStation, como parte de um acordo de marketing assinado antes de sua aquisição pendente de US $ 69 bilhões pela Microsoft, fabricante do Xbox.

No entanto, em um novo blog publicado na quarta-feira abordando as futuras políticas da Microsoft para onde lança seu conteúdo, o presidente Brad Smith indicou que pelo menos alguns jogos da Activision e da Blizzard continuariam a ser lançados no PlayStation no futuro.

Primeiro, alguns comentaristas perguntaram se continuaremos a disponibilizar conteúdo popular como Call of Duty da Activision em plataformas concorrentes como o PlayStation da Sony”, escreveu ele. “A preocupação óbvia é que a Microsoft possa disponibilizar este título exclusivamente no console Xbox, minando as oportunidades para os usuários do Sony PlayStation.

“Para ser claro, a Microsoft continuará a disponibilizar Call of Duty e outros títulos populares da Activision Blizzard no PlayStation durante o prazo de qualquer contrato existente com a Activision.

“E nos comprometemos com a Sony que também os disponibilizaremos no PlayStation além do contrato existente e no futuro, para que os fãs da Sony possam continuar a desfrutar dos jogos que amam.”

O executivo acrescentou que a Microsoft “também está interessada em tomar medidas semelhantes para apoiar a plataforma de sucesso da Nintendo”. Ele concluiu: “Acreditamos que esta é a coisa certa para a indústria, para os jogadores e para o nosso negócio”.

Vale a pena notar que a declaração da Microsoft não chega a comprometer-se a lançar todos os títulos da Activision Blizzard para PlayStation, para que ainda possa manter alguns exclusivos para o Xbox.

Já existe alguma precedência para a Microsoft continuar lançando seus jogos em plataformas rivais além de uma aquisição. A empresa continua a publicar Minecraft no PlayStation e honrou acordos de exclusividade para Deathloop da Bethesda e o próximo Ghostwire Tokyo.

The Elder Scrolls Online também continua a ser suportado nas plataformas PlayStation. No entanto, a Microsoft também confirmou que os grandes jogos futuros da Bethesda, como Starfield, Redfall e The Elder Scrolls 6, serão exclusivos para Xbox e PC.

O anúncio de terça-feira, nas próprias palavras da Microsoft, vem “em parte para abordar o crescente papel e responsabilidade da Microsoft à medida que iniciamos o processo de busca de aprovação regulatória em capitais ao redor do mundo para nossa aquisição da Activision Blizzard”.

Smith afirma no blog que, entre outras políticas, a Microsoft não exigirá que desenvolvedores em suas lojas usem seu sistema de pagamento e permitirá que usuários do Windows usem lojas de aplicativos alternativas e aplicativos de terceiros.

Espera-se que o acordo da Activision Blizzard seja fechado no ano fiscal de 2023 da Microsoft. No entanto, isso está sujeito às condições de fechamento e à conclusão da revisão regulatória.

No caso de fusões e aquisições, os reguladores podem proibir negócios que sejam considerados uma ameaça à concorrência de mercado ou sugerir soluções, como a obrigação de alienar parte do novo negócio.

Em sua primeira resposta à proposta de aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft, a Sony disse que espera que os jogos permaneçam multiplataforma devido a “acordos contratuais”.

Esperamos que a Microsoft cumpra os acordos contratuais e continue a garantir que os jogos da Activision sejam multiplataforma”, disse um porta-voz da Sony na quinta-feira (via WSJ).

O chefe de jogos da Microsoft também confirmou posteriormente sua intenção de manter o Call of Duty nas plataformas PlayStation assim que a aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft for concluída.

“Tive boas ligações esta semana com líderes da Sony”, ele twittou. “Confirmei nossa intenção de honrar todos os acordos existentes após a aquisição da Activision Blizzard e nosso desejo de manter Call of Duty no PlayStation. A Sony é uma parte importante da nossa indústria e valorizamos nosso relacionamento.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: