Xbox supostamente pretende continuar fazendo ‘alguns’ jogos da Activision para PlayStation

A Microsoft planeja continuar fazendo “alguns” dos jogos da Activision Blizzard para consoles PlayStation, após a conclusão de sua aquisição de US$ 68,7 bilhões.

Isso está de acordo com um novo relatório da Bloomberg, citando “uma pessoa familiarizada com o pensamento da empresa”.

A publicação também colocou a questão da exclusividade ao chefe de jogos da Microsoft, Phil Spencer, que disse: “Vou apenas dizer aos jogadores que estão jogando jogos da Activision Blizzard na plataforma da Sony: não é nossa intenção afastar as continuamos comprometidos com isso.

Vale a pena notar que Spencer fez comentários semelhantes antes da conclusão de sua aquisição de US$ 7,5 bilhões da Zenimax, controladora da Bethesda.

No entanto, embora os jogos existentes como The Elder Scrolls Online continuem a ser suportados nas plataformas PlayStation, e os acordos de exclusividade existentes para Deathloop e Ghostwire Tokyo tenham sido honrados, a Microsoft confirmou os grandes jogos futuros da Bethesda, como Starfield, Redfall e The Elder Scrolls 6. será exclusivo para Xbox e PC.

Spencer disse em março de 2021 que entregar jogos exclusivos para plataformas que suportam o Xbox Game Pass foi a principal razão pela qual a Microsoft adquiriu a Bethesda.

Após um evento de demonstração da E3, duas figuras seniores da Bethesda falaram abertamente sobre a aquisição da Microsoft e a exclusividade do Xbox, tanto em termos do impacto que isso tem nos jogadores quanto na qualidade da produção do estúdio.

Pete Hines, vice-presidente sênior de marketing e comunicações globais da Bethesda, disse que entende se alguns jogadores do PlayStation estão “chateados” com a situação, enquanto a figura de desenvolvimento mais sênior do estúdio, Todd Howard, admitiu ter algumas reservas sobre cortar os proprietários de consoles da Sony.

No entanto, ambos disseram que focar em menos plataformas resulta em jogos de melhor qualidade – sejam eles Starfield, ou os exclusivos do PS5 Deathloop e Ghostwire Tokyo, que a Sony assinou antes da aquisição da Microsoft.

E eles também disseram que a tentativa da Microsoft de expandir o “ecossistema Xbox” para o maior número possível de dispositivos significava que mais pessoas acabariam jogando os jogos da Bethesda do que teria sido o caso se a empresa continuasse sendo uma desenvolvedora terceirizada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: